Qual tipo de material você procura no site?

Pesquise neste blog

Carregando...

sábado, 4 de junho de 2011

Plano de carreira: Traçando metas para o futuro

O plano de carreira possibilita o desenvolvimento do perfil profissional diante das competências exigidas da área em que se deseja atuar. Estas vão além das competências técnicas adquiridas ao longo do curso, e englobam características pessoas e interpessoais. Visualizar o futuro permite torna-se mais competitivo no mercado, e traçar objetivos e metas, atingindo-os de maneira mais eficaz.

O planejamento da carreira é fundamental para o projeto de vida de um profissional. Através dele, o individuo reflete como ele é hoje, ou seja, as competências que possui e seus gostos e anseios, e também no que ele quer ser, seus objetivos profissionais e pessoais. 

O plano de carreira permite a auto-avaliação, identificando e trabalhando pontos fortes e fracos. Além disso, objetiva tornar o individuo empreendedor de si próprio, tornando-o mais competitivo no mercado em que ele já está ou quer se inserir.

O plano de carreira dura toda a vida, mas deve ser planeado no início da vida profissional e depois revisto quando existirem motivações importantes, como por exemplo querer mudar de carreira profissional. 

O plano de carreira inclui: 
  • Escolher uma profissão 
  • Encontrar o emprego 
  • Desenvolver um caminho na sua área 
  • Eventualmente mudar de carreira 
  • Reformar-se

Segundo o modelo apresentado por London e Stumph (1982), o planejamento de carreira depende de três tarefas de responsabilidade do indivíduo:

  • Auto-avaliação: avaliação de suas qualidades, interesses e potencial para os vários espaços organizacionais; 
  • Estabelecimento de objetivos: identificação de objetivos de carreira e de um plano realista baseado na auto-avaliação das oportunidades oferecidas pela empresa. 
  • Implementação do plano de carreira: obtenção da capacitação e acesso ás experiências profissionais necessárias para competir pelas oportunidades e para atingir as metas de carreira. 


PASSOS PARA O PLANEJAMENTO DE CARREIRA 


Primeira etapa: Avaliação pessoal 
  1. Clarificação da identidade individual (o que gosta, não gosta; o que sabe fazer bem x não sabe; o que valoriza x não valoriza); 
  2. Busca de uma avaliação de terceiros sobre as reflexões efetuadas anteriormente; 
  3. Visualização do futuro (projeção para daqui há 5 anos, considerando composição familiar, saúde, lazer, situação econômica, desenvolvimento cultural pessoal e da família, comunidade e vida espiritual); 
  4. Realização de um balanço entre a situação atual e a projetada; 

Segunda etapa: avaliação da carreira 

  1. Avaliação dos pontos fortes e fracos da carreira (vantagens e desvantagens competitivas no mercado de trabalho); 
  2. Análise do ambiente (dentro da empresa e da ocupação, dentro da empresa e fora da ocupação, fora da empresa e da ocupação, fora da empresa e dentro da ocupação); 

Segunda etapa: avaliação da carreira 

  1. Identificação de estratégias de carreira e seu alcance (crescimento, desaceleração, diversificação, integração, revisão, combinação) 
  2. Seleção de objetivos de carreira (fazendo referência a: relacionamento interpessoal, desenvolvimento de habilidades, níveis de recompensa e alocação de tempo); 
  3. Implementação da estratégia; 
  4. Avaliação.

    O desenvolvimento do plano de carreira é fundamental para o planejamento da vida profissional. Também permite a reflexão sobre a escolha da carreira a ser seguida, e adequação das competências ao perfil profissional exigido na área de atuação escolhida.

    Durante o processo de planejamento da carreira, a auto-avaliação é importante para se poder trabalhar e lidar com os pontos fortes e fracos, e a partir desta análise traçar metas e objetivos visando a evolução do perfil profissional.
Texto de: Rafaela dos Anjos (Aluna de Engenharia de Produção, Centro Universitário Jorge Amado)
Fonte: Plano de carreira passo a passo
Planejamento de carreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua mensagem aqui!